11 de janeiro, 2023 ines.gaiola@c21tipyfamily.com

Qualidade do crédito malparado em Portugal está “estável”, diz DBRS

Agência de rating considera que há incerteza quanto à manutenção dos níveis dos preços do imobiliário em Portugal.

A agência de rating DBRS atribui a perspetiva de “estável” à qualidade do crédito malparado em Portugal, o que significa que não espera uma degradação. Na análise divulgada sobre crédito malparado na Europa, a DBRS destacou o crescimento dos preços dos imóveis em Portugal, em 2022, mas considerou que há incerteza quanto à manutenção dos níveis dos preços do imobiliário este ano devido à subida das taxas de juro.

Já o baixo nível de desemprego e a venda de carteiras de malparado fazem, segundo a DBRS, perspetivar para as transações portuguesas uma base robusta para a qualidade do crédito malparado resistir a eventual degradação económica, pelo que a agência de avaliação de risco atribui ‘estável’ à perspetiva sobre a qualidade do crédito malparado em Portugal.

O rácio de crédito malparado no crédito total caiu para 3,2% em setembro, face a 3,4% em junho, segundo os mais recentes dados do Banco de Portugal (BdP).

Autor: Lusa
Fonte: Idealista