11 de outubro, 2022 ines.gaiola@c21tipyfamily.com

Preços das casas aumentaram 13,2% no segundo trimestre e atingem máximo

No segundo trimestre, o Índice de Preços da Habitação (IPHab) aumentou 13,2% em termos homólogos, 0,3 pontos percentuais (p.p.) acima do observado no trimestre anterior, avança o INE.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística – INE, o aumento dos preços foi mais expressivo nas habitações existentes (14,7%) que nas habitações novas (8,4%).

Em relação ao trimestre anterior, o IPHab aumentou 3,1% (3,8% no 1º trimestre de 2022). Também neste caso, a taxa de variação do índice relativo aos alojamentos existentes (3,9%) superou a registada nos alojamentos novos (0,6%).

Entre Abril e Junho de 2022, foram transaccionadas 43 607 habitações pelo valor total de 8,3 mil milhões de euros, o que representa um aumento, face ao mesmo período do ano anterior, de 4,5% e 19,5%, respectivamente.

No 2º trimestre de 2022, 38 181 habitações (87,6% do total) foram adquiridas por compradores pertencentes ao sector institucional das famílias, totalizando 7,2 mil milhões de euros (86,7% do total). No trimestre de referência, os compradores com um domicílio fiscal fora do Território Nacional foram responsáveis por 6,4% do número total de transações (2 783 habitações), correspondendo a 11,9% do valor total transacionado.

Fonte: Blog CENTURY 21