12 de agosto, 2022 ines.gaiola@c21tipyfamily.com

6 motivos pelos quais tem mesmo de visitar Palmela!

Fique com as dicas do TipyFamilyGroup que prometem mostrar-lhe os 6 lugares ideais para visitar e ficar a conhecer melhor esta vila portuguesa. Fica a promessa: petiscos, miradouros e muitos mais!

A vila de Palmela é muito conhecida pela cultura vinícola, pelo pão e queijo, mas não só! A vista privilegiada para a Arrábida, para o rio Sado e para a cidade de Setúbal, fazem deste um destino eleito por muitos para visitar, principalmente, na época mais quente do ano. Com certeza que já teve a oportunidade de vislumbrar da A2 o belo castelo que se afirma lá ao longe, pois bem, é Palmela! 

 

  1. Castelo de Palmela 

Construído estrategicamente pelos mulçumanos no cume oriental da Serra da Arrábida, é possível observar através deste, os rios Tejo e Sado e contemplar ao longe a cidade de Setúbal. Saiba que pode agendar a sua visita guiada ao castelo medieval, sempre até às 12h da véspera da sua visita. Ou então, para conhecer apenas o castelo pode fazê-lo todos os dias sem nenhum custo adicional. Em contrapartida, se pretender visitar a Igreja da Ordem de Santiago, poderá fazê-lo entre terça a domingo, das 10h às 12h30 e das 14h30 às 18h. Fique a saber que, a antiga ala do convento foi transformada num hotel de luxo, onde pode pernoitar se preferir.

 

2. Restaurante Casa do Castelo

Mesmo atrás do castelo de Palmela, encontramos o bar e restaurante de tapas: Casa do Castelo. Se é amante de paisagens de cortar a respiração, chegou ao sítio certo! Da esplanada vai conseguir observar as serras envolventes, Setúbal, Tróia e ainda a vila de Palmela. Por entre uma panóplia de petiscos, aconselhamo-lo a experimentar a farinheira com ovos ou o queijo de cabra gratinado com doce de tomate. O restaurante está aberto ao público segunda, terça e quinta das 12h às 24h; sexta e sábado, das 12h às 2h; domingo, das 12h às 24h. Encerrando à quarta. Passe por lá e conte-nos a experiência.

 

3. Igreja de São Pedro 

Depois de uma visita ao Castelo e de uma bela refeição na Casa do Castelo, continue o seu percurso e visite um dos ícones de Palmela: a Igreja de São Pedro. Entre e desfrute do interior desta típica igreja portuguesa, revestido com azulejo barroco. Este que retrata na perfeição episódios da vida de São Pedro. Aqui, poderá ainda ver a escultura em madeira de Santiago peregrino, do século XVI.

 

4. Largo de São João Batista no centro da vila

Desça até ao centro da vila e descubra o famoso Largo de São João. Aqui vai poder encontrar o coreto da sociedade filarmónica  humanitária e o cine-teatro de São João, edifício de grande beleza arquitetônica dos anos 50. Aproveite e assista a um dos muitos espetáculos que aqui se realizam. Neste largo vai ainda poder contemplar a maravilhosa vista sobre as serras do Louro, São Luís, Arrábida e Vale dos Barris.

 

5. Casa da Mãe da Rota dos Vinhos 

Localizada no coração de Palmela, este edifício é a central de reservas para as visitas guiadas à adega e a outros lugares como centros de artesanato, queijarias, património edificado ou atividades como observação de golfinhos ou passeios de barco pelo Sado. Para além disso, funciona também como loja de vinhos certificados, ou não fosse esta uma região vinícola! Os preços aqui praticados são de adega e portanto vai poder desfrutar e degustar do melhor que Palmela tem para lhe oferecer. Passe pelos frutados, que sabem maravilhosamente, nesta altura quente do ano; ou então fique pelo vinho tinto ou pela sangria. Para além de tudo isto, saiba ainda que, na hora em que a fome apertar pode apreciar uma diversidade de produtos regionais, como pastéis e bolos, compotas e geleias de frutas, manteiga de ovelha, queijo de Azeitão e as queijadas do anjo.

 

6.  Museu da Música Mecânica 

Construído no ano de 2016,  foi o arquiteto Miguel Marcelino o autor deste projeto. O Museu da Música Mecânica tem como objetivo principal o estudo, preservação e divulgação da musica mecânica. Se é fã de música, chegou ao sítio certo! Aqui terá a oportunidade de entrar na grande “caixa de música” e viajar no tempo. Vai poder explorar e ouvir centenas de instrumentos mecânicos, ao longo de cinco galerias expositivas. Para além disto, o museu conta também com um auditório, sala multiusos, loja e cafetaria. Conte com exposições, workshops, conferências entre outros eventos de cariz, cultural, educativo e/ou de lazer.

Fonte Imagem: De Manta no Sófa.