22 de março, 2022 ines.gaiola@c21tipyfamily.com

Pretende arrendar casa? Eis os municípios mais baratos

Escrito por Inês Duarte Gaiola

Arrendar casa: uma complicação para muitos, uma vantagem para outros tantos.
Se um dos seus objetivos para este ano é arrendar casa, chegou ao sítio certo! O TipyFamilyGroup apresenta-lhe as zonas mais baratas (e também as mais caras) do país para o fazer.

Muitos são aqueles que sonham em comprar casa na agitação de uma grande cidade, já outros preferem a calma e a tranquilidade do interior do país. Há gostos para tudo, certo?

A verdade é que a compra de casa parece ser algo inacessível para muitos portugueses. Por isso mesmo, existe uma opção mais rentável e menos douradora: arrendar. Esta é uma via, a curto prazo, mais económica e que não acarreta tantos encargos.

Se pretende arrendar casa e quer saber quais os municípios mais em conta para o fazer, fique por aqui! Explicamos-lhe tudo já de seguida.

A cidade de Castelo Branco é, atualmente, o município português mais barato para arrendar casa apresentando um valor de 5€ por metro quadrado (euros/m2). Se procura paz, tranquilidade e proximidade com a natureza este cantinho localizado no interior do país é o lugar ideal.

Viseu (5,3 euros/m2), Santarém (5,3 euros/m2), Figueira da Foz  (5,4 euros/m2) e Caldas da Rainha (5,8 euros/m2) são os quatro municípios onde as rendas são mais baratas,  logo a seguir a Castelo Branco. Uma boa aposta para todos os que preferem as pequenas cidades às grandes metrópoles. Consulte o quadro abaixo e conheça os 25 municípios mais baratos, por ordem crescente, para arrendar casa em Portugal.

Os 25 munícipios portugueses mais baratos para arrendar casa:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: Idealista e CNN

Em contrapartida, e como em tudo existe sempre o outro lado da moeda: Cascais. Este é o município mais caro para arrendar casa em todo o território nacional. Sim, arrendar casa em Cascais custa em média 13,6€ por metro quadrado (euros/m2). As vantagens serão (talvez) a vista privilegiada para o mar e a acessibilidade à cidade de Lisboa.

Os municípios mais caros para arrendar casa, a seguir a Cascais, são: Lisboa (13,5 euros/m2), Loulé (12,1 euros/m2), Oeiras (11,2 euros/m2) e Porto (10,9 euros/m2).

A realidade é que arrendar casa no nosso país está cada vez mais caro, e a prova disso é que em janeiro de 2022 assistimos em primeira fila a um aumento de 0,9%, em relação ao mês homólogo, no valor das casas para arrendamento. Uma informação adiantada pelo site Idealista.