16 de março, 2022 Lucas Lopes

Mais de metade dos portugueses considera o processo de venda de uma casa e o de divórcio como os mais stressantes da vida

Lidar com papelada e procedimentos são os fatores mais stressantes para a população no momento de vender ou comprar casa. Metade dos portugueses admite vender a sua casa num processo totalmente online.

 

A venda de imóveis particulares continua a liderar o setor imobiliário em Portugal. Todos os anos milhares de transações são realizadas de um particular para outro. No entanto, o estudo “Os Portugueses e o Setor Imobiliário” realizado pela Tiko, em fevereiro de 2022, revela que 61% dos portugueses considera a venda de uma casa como um dos processos mais stressantes da vida, só comparado ao processo de divórcio.

Com 48% dos inquiridos a indicar que vive em casa própria, isto é que já passaram por um processo de compra e venda, e a evidenciar que o que mais valorizaram no processo foi a seriedade das partes envolvidas no negócio (44%) e a rapidez do processo (23%), 78% dos portugueses admite, contudo, que não vive na casa dos seus sonhos, informa a Tiko em comunicado.

O querer mudar a área de residência (41%) ou o fato de a área do imóvel já não se adequar ao agregado familiar (31%) são os dois principais motivos que levam os portugueses a pensar vender a sua casa durante este ano.

No entanto, a falta de recursos financeiros (79%), a dificuldade na obtenção de crédito à habitação (49%) a par da dificuldade em encontrar o imóvel com as características pretendidas (46%) são os motivos que levam os portugueses a adiar a compra de casa.

O que mais valorizam os portugueses

A procura de casas em Portugal continua em alta, mas 48% dos inquiridos tem como expetativa de tempo para vender a sua casa entre 3 a 6 meses, revela a Tiko.

Este estudo mostra que este processo, de compra e venda, é considerado por 61% dos inquiridos como dos mais stressantes, apenas com comparação com o processo de divórcio; 50% dos portugueses, independentemente da cidade, já se encontram confiantes para vender a sua casa num processo totalmente online.

Quando se trata de vender o seu imóvel, os fatores que os portugueses mais valorizam são: o preço justo (81%), o ter um parceiro que trate de toda a parte burocrática, sem que tenham de pagar por este trabalho (70%), o fato de o processo ficar concluído em menos de 10 dias (32%).

 

Fonte: lifestyle.sapo.pt