1 de fevereiro, 2022 Lucas Lopes

CENTURY 21 de pedra e cal em Portugal e Espanha até 2054

Administração da Century 21 Ibéria renovou os contratos de master franchise para Portugal e Espanha por mais 33 anos, até 2054.

A administração da CENTURY 21 (C21) Ibéria renovou os contratos de master franchise para Portugal e Espanha por mais 33 anos, assegurando a concessão da marca nos dois países até 2054. “Esta decisão traduz a aposta clara numa ambiciosa estratégia de expansão da rede imobiliária, a nível ibérico – onde a marca já detém mais de 260 agências em operação, suportadas por cerca de 5000 consultores imobiliários –, e transmite um sinal inequívoco de confiança no potencial de desenvolvimento e de sustentabilidade do mercado imobiliário”, refere a mediadora em comunicado.

Segundo a empresa, o facto da C21 ser a principal marca do Realogy, um dos maiores grupos empresariais norte-americanos, “permite capitalizar o conhecimento especializado dos melhores talentos a nível global e ter acesso a uma enorme capacidade de investimento em I&D, para liderar a transformação digital do setor imobiliário, para antecipar respostas a tendências globais ou nacionais”.

“A combinação destes fatores resulta num poderoso instrumento para enfrentar os desafios inerentes aos diversos ciclos e dinâmicas de evolução do mercado, mantendo-se sempre um passo à frente da sua geração, para assegurar a sua relevância junto dos consumidores”, lê-se na nota enviada às redações.

C21 arrancou em Portugal em 2005

A C21 Ibéria é um projeto empresarial do grupo familiar ABNSOUZA que, com esta renovação do acordo de concessão da marca por mais 33 anos, se torna ainda mais transgeracional, explica a mediadora. De recordar que a operação da mediadora em Portugal começou em 2005, tendo depois, em 2011, chegado a Espanha.

Citado no documento, Joaquim Rocha de Sousa, presidente da C21 Ibéria, diz que a C21 “é a rede imobiliária residencial com mais provas dadas fora dos EUA”, tendo um “posicionamento de liderança” em vários países, como França, Japão, Austrália, México, Venezuela e China, e estando presente em todos os continentes.

“Superar o desafio da acessibilidade à habitação”

 Ricardo Sousa, CEO da CENTURY 21 Ibéria, comenta que a estratégia para o futuro da C21 Ibéria assenta em dois eixos principais. “Por um lado, assumir um papel ativo e transformador, para ajudar a superar o desafio da acessibilidade à habitação das famílias e jovens ibéricos, em cidades inteligentes e sustentáveis. Por outro lado, a marca tem o propósito de elevar os níveis de profissionalização da mediação imobiliária e dos agentes imobiliários, para que garantam um serviço relevante, seguro e transparente a todos os que precisam de comprar, vender ou arrendar imóveis residenciais”.

Já Michael Miedler, presidente e CEO da CENTURY 21 Real Estate LLC, a entidade empresarial global que tem operações em 86 países, com 14.250 escritórios e 153.000 consultores imobiliários em todo o mundo, considera que “o futuro é brilhante” e que a C21 Portugal e Espanha “está em mãos extraordinárias”.

 

Fonte: Idealista