7 de janeiro, 2022 Lucas Lopes

Edifícios licenciados e concluídos acima do período pré-pandemia

No 3º trimestre de 2021 foram licenciados 6,0 mil edifícios, mais 0,9% que no mesmo trimestre do ano anterior (+29,5% no 2º trimestre de 2021) e mais 3,1% que no 3º trimestre de 2019, revela o INE.

O Instituto Nacional de Estatística avança ainda que os edifícios licenciados em construções novas aumentaram 3,8% (+30,2% no 2º trimestre de 2021) e mais 8,1% face ao 3º trimestre de 2019. O licenciamento para reabilitação diminuiu 6,3% (+26,3% no 2º trimestre de 2021), correspondendo a um decréscimo de 9,8% em relação ao 3º trimestre de 2019. Os edifícios concluídos cresceram 5,5% (+3,3% no 2º trimestre de 2021), mais 7,8% que no 3º trimestre de 2019, totalizando 3,9 mil edifícios.

Comparativamente com o trimestre anterior, o número de edifícios licenciados decresceu 8,9% (-0,5% no 2º trimestre de 2021) e o número de edifícios concluídos aumentou 4,1% (-0,4% no 2º trimestre de 2021).

O INE refere ainda que numa análise mensal, registaram-se acréscimos muito significativos em Março, Abril e Maio (+46,2%, +72,4% e +24,8%, respectivamente), que coincide com o período de maiores decréscimos em 2020, devido ao forte impacto da pandemia COVID-19 nesses meses, em que muitos serviços das Câmaras Municipais estiveram encerrados ou com limitações no atendimento ao público. Nos meses seguintes observaram-se crescimentos mais ténues ou mesmo decréscimos relativamente a 2020.

Nos três primeiros trimestres de 2021, o número de edifícios licenciados aumentou 12,3% face a 2020 e 6,4% em comparação com o mesmo período de 2019.

 

Fonte: CENTURY 21 Portugal