22 de novembro, 2021 Lucas Lopes

Investimento estrangeiro em habitação na ARU de Lisboa é o mais baixo dos últimos três anos

No 1º semestre de 2021, os estrangeiros investiram 324,7 milhões de euros na compra de 625 imóveis residenciais na Área de Reabilitação Urbana (ARU) de Lisboa.

De acordo com os dados apurados pela Confidencial Imobiliário que abrangem transacções de habitação concretizadas por particulares na ARU de Lisboa, este montante apresenta uma quebra de 19% face ao 2º semestre de 2019, o último semestre sem pandemia e durante o qual as transações de habitação protagonizadas por estrangeiros neste território ascenderam a 398,7 milhões de euros.

Em número de imóveis adquiridos, a quebra é mais acentuada (-28%), comparando-se os actuais níveis com os 870 imóveis transacionados então. Trata-se também do montante semestral investido por estrangeiros mais baixo desde o 1º semestre de 2018.

A actividade no 1º semestre de 2021 fica ainda abaixo de qualquer um dos semestres do ano passado, quer em número de operações quer em montante. No montante investido, as quebras rondam os 15% e no número de imóveis adquiridos chegam a atingir os 20%.

 

Fonte: CENTURY 21 Portugal