8 de outubro, 2021 Lucas Lopes

SIL 2021 abre portas: “Imobiliário tem potencial para continuar a crescer”

“Somos o ponto de encontro do setor imobiliário”, diz ao idealista/news Sandra Fragoso, gestora do evento, que termina domingo.

Via verde para que a edição deste ano do Salão Imobiliário de Portugal (SIL), a 24ª, seja um sucesso. A maior e mais importante feira do setor imobiliário do país abre portas esta quinta-feira e termina domingo (10 de outubro de 2021), realizando-se – como sempre na FIL, em Lisboa – num contexto bem mais favorável que no ano passado. Sandra Fragoso, gestora do SIL, diz ao idealista/news que “o salão está a regressar ao seu auge”. “Somos o ponto de encontro do setor”, atira, deixando claro que o “imobiliário tem potencial para continuar a crescer” no pós-pandemia.

Otimismo é, de resto, palavra de ordem. Destacando que a edição do ano passado foi “especial”, devido aos constrangimentos causados pela pandemia da Covid-19, Sandra Fragoso enaltece o facto de ter sido “uma das poucas” feiras na Europa, “se não a única”, a decorrer em formato presencial, o que demonstra “a atitude positiva e resiliente que o setor imobiliário assumiu”. “Esperamos e estamos expetantes que, nesta edição de 2021, voltaremos a apresentar um SIL ao qual habituámos os nossos expositores, parceiros e visitantes”, afirma.

Segundo a responsável, “sem dúvida” que este é um bom momento para investir em imobiliário em Portugal. “O setor encara o ano de 2021 como a alavanca para voltar a potenciar o mercado imobiliário no nosso país”, comenta, sublinhando que o interesse em Portugal provém de várias geografias mundiais: “(…) Continuamos a ter os mercados tradicionais que continuam a investir em Portugal, tais como os belgas, franceses, ingleses, norte-americanos, chineses, suíços, brasileiros e espanhóis. De referir que, nos últimos tempos, Portugal tem captado o interesse de investidores israelitas e também indianos”.

 

Fonte: Idealista