1 de novembro, 2020 brandmanager@c21tipyfamily.com

As freguesias mais baratas e mais caras para comprar casa em Lisboa e Porto

 

O custo do metro quadrado (m2) das habitações em Portugal continua a subir, ainda que a pandemia já esteja a pôr um travão ao ritmo de crescimento. No segundo trimestre de 2020 (últimos 12 meses), o preço das casas aumentou 10,3%, face a igual período do ano passado, fixando-se nos 1.137 euros por m2. Mas há freguesias espalhadas pelo país, concretamente em Lisboa e no Porto, onde comprar uma casa sai muito mais caro.  Fizémos um raio-x aos preços das duas principais cidades do país e mostramos também as mais baratas.

Raio-x às freguesias de Lisboa

Três das 24 freguesias de Lisboa registaram preços medianos de venda de alojamentos superiores a 4.500 €/m2, bem acima, portanto, da mediana nacional (1.137 €/m2) e da própria cidade de Lisboa (3.376 €/m2). São elas Santo António (5.550 €/m2), que inclui a Avenida da Liberdade e áreas adjacentes, Santa Maria Maior (5.111 €/m2 ) – que inclui a área do Castelo e Baixa/Chiado – e Misericórdia (4 .39 €/m2 ) – que inclui a área do Bairro Alto e do Cais do Sodré.

As freguesias do Parque das Nações, Estrela, Santa Maria Maior, Alvalade, Santo António e São Domingos de Benfica registaram, simultaneamente, um preço mediano acima do valor da cidade de Lisboa, e taxas de variação, face ao período homólogo, mais expressivas que a verificada na cidade (+7,0%).

 

7 freguesias mais caras Preço por m2 7 freguesias mais baratas Preço por m2
Lisboa 3.376    Lisboa 3.376
Sto. António 5.550 Sta. Clara 2.261
Sta. Maria Maior 5.111 Beato 2.461
Misericórdia 4.839 Olivais 2.500
Parque das Nações 4.217 Benfica 2.722
Estrela 4.200 Marvila 2.863
Campo de Ourique 3.859 Campolide 2.959
Avenidas Novas 3.745 Penha de França 3.012

 

“As freguesias de Beato, Olivais, Benfica, Marvila, Campolide, Carnide, Alcântara, Ajuda, Areeiro e São Vicente registaram, no segundo trimestre de 2020, preços e taxas de variação inferiores aos da cidade de Lisboa, destacando-se deste conjunto as freguesias de Campolide (-5,6%) e Carnide (-0,9%) por registarem uma diminuição dos preços de habitação face ao período homólogo”, salienta o INE. Para além destas duas, também as freguesias Avenidas Novas (-0,9%), Belém (-1,4%) e São Vicente (-2,7%) registaram uma redução dos preços da habitação face ao período homólogo

Raio-x às freguesias do Porto

A União de freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde e a União de freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos destacaram-se, entre as sete freguesias, por apresentarem, simultaneamente, um preço mediano (2.708 €/m2 e 2.354 €/m2, respetivamente) acima do valor da cidade do Porto (1.905 €/m2 ) e uma taxa de variação homóloga (+15,4% e +14,4%, respetivamente) superior à observada na Invicta (+8,1%).

A União de freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória destacou-se por apresentar, simultaneamente, um preço mediano de alojamentos vendidos (2.215 €/m2 ) acima do valor da cidade do Porto e taxa de variação, face ao período homólogo (+6,4%), inferior à registada na cidade do Porto.

 

Freguesias (+caro para o +barato) Preço por m2
Porto 1.905
U.F. de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde 2.708
U.F. de Lordelo do Ouro e Massarelos 2.354
U.F. de Cedofeita, Sto. Ildefonso, Sé, Miragaia, S. Nicolau e Vitória 2.215
Bonfim 1.893
Paranhos 1.761
Ramalde 1.721
Campanhã 1.192

 

As freguesias de Ramalde, Bonfim e Campanhã registaram, simultaneamente, um preço mediano (1.721 €/m2 , 1.893 €/m2 e 1.192 €/m2 , respetivamente) e uma variação homóloga (+4,8%, +6,1% e +7,0%, respetivamente) inferiores aos valores verificados na cidade do Porto.

Já a freguesia de Paranhos registou, no segundo trimestre de 2020, um preço mediano (1.761 €/m2 ) inferior ao da cidade do Porto e uma taxa de variação, face ao período homólogo (+17,4%), superior à registada na cidade. No período em análise, e tal como no trimestre anterior, a freguesia da Campanhã registou o menor preço mediano (1.192 €/m2 ).

 

Fonte: idealista