22 de agosto, 2020 brandmanager@c21tipyfamily.com

Nas sete ruas mais caras de Portugal o preço médio das casas supera dois milhões

A linha de Cascais concentra cinco das 10 ruas mais caras do país, enquanto Lisboa coloca três artérias no Top 10.

 

As sete ruas mais caras de Portugal apresentam um preço médio das casas à venda que supera os dois milhões de euros, indica um estudo do site especializado em imobiliário Idealista.

A lista das 10 ruas mais caras é dominada pela zona de Cascais, com quatro ruas pertencentes a este concelho, a que se soma a Avenida Marginal, mas no troço já situado no município de Oeiras. Lisboa inclui três artérias no Top 10, enquanto o Algarve e o Porto têm uma rua cada.

O título de rua mais cara do país pertence à Avenida do Brasil, em Cascais, onde o preço médio é de 2.743.000 euros. Esta artéria não constava na lista do ano passado, sendo que o Idealista apenas inclui ruas onde existiam pelo menos 10 imóveis à venda.

A Avenida do Brasil destronou a Rua Aldeamento Vilar do Golf, na algarvia Quinta do Lago, que este ano não integra as 10 artérias mais caras.

Na segunda posição surge a Avenida Marginal, que já constava da lista no ano passado. Mas, desta feita no troço situado no concelho de Oeiras e não, como em 2019, no de Cascais. O preço médio das casas na Marginal atinge os 2.670.084 euros.

A fechar o pódio e ainda acima de um preço médio de 2,6 milhões de euros encontra-se a lisboeta Rua da Misericórdia. A rua que desemboca no Bairro Alto não constava da listagem do ano passado, onde as artérias da capital presentes eram a Rua Rodrigues Sampaio, junto à Avenida da Liberdade, e a Rua Buenos Aires, na Estrela.

A urbanização Vale do Lobo, em Almancil, no distrito de Faro, ocupa a quarta posição, com um preço médio de quase 2,5 milhões de euros. No ano passado, Vale do Lobo não figurava no Top 10, estando o Algarve representado pela Quinta do Lago, a Rua do Canavial, em Lagos, e a urbanização Pine Cliffs, em Albufeira.

A fechar o Top 5 está a Rua Cravos, em Cascais.

Entre as 10 ruas mais caras do país apenas três ficam abaixo da fasquia dos dois milhões de euros (no ano passado apenas a décima rua mais cara tinha um preço médio inferior a esse valor).

A Avenida Dom Vasco da Gama, em Cascais, a Avenida Montevideu, na freguesia portuense de Nevogilde, e a Rua Melo e Sousa, no Estoril, falham o patamar dos dois milhões de euros, embora se situem todas acima dos 1,9 milhões.

 

Fonte: Jornal de Negócios