4 de agosto, 2020 brandmanager@c21tipyfamily.com

Governo vai criar bolsa com 18.660 casas para renda acessível

O Governo quer criar uma bolsa com 18.660 imóveis atualmente devolutos, que serão destinados ao Programa de Arrendamento Acessível, que arrancou em julho do ano passado. Segundo o Público (acesso pago), os imóveis serão selecionados pelo Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) e alguns poderão ser destinados às autarquias. O investimento público ascende a 2.300 milhões de euros.

Na lista estão palácios, antigos conventos, moradias, terrenos, quintas, apartamentos e blocos de apartamentos, atualmente devolutos. Estes serão reabilitados e destinados ao arrendamento acessível. Já foram identificados 18.660 imóveis, dos quais pelo menos 20% deverão ser transferidos para as autarquias ou entregues a parcerias público-comunitárias.

O Governo encarregará o IHRU de constituir esta referida bolsa, contribuindo, assim, para o reforço do parque habitacional público. O diploma está a ser preparado e aguarda aprovação no Conselho de Ministros, que poderá ser ainda esta semana. Esta bolsa prevê um investimento direto do Estado a rondar os 1.700 milhões de euros, aos quais se somarão outros cerca de 600 milhões das autarquias ou entras entidades.

Fonte: eco