29 de maio, 2020 rcruz

Savills Portugal entra na área Residencial

A consultora imobiliária acaba de anunciar o seu novo serviço com um departamento exclusivo no sector residencial, segmento que já conta com alguns projectos em comercialização.

A Savills Portugal oferece agora um leque de serviços integrados a nível global, abrangendo o mercado imobiliário numa óptica 360º, nas diversas vertentes da área, nomeadamente investimento, arquitectura, property managementasset managementfacility management, estudos de mercado, avaliações, entre outras.

Para Patrícia de Melo e Liz, CEO da Savills Portugal, “o mercado residencial tem assistido a níveis de crescimento aos quais não podíamos ficar alheios e as previsões para este segmento continuam a demonstrar uma excelente dinâmica. Por outro lado a maturidade de qualquer mercado requer níveis de especialização mais exigentes e acreditamos poder trazer esse apor aliando a vasta experiência da nossa casa mãe, não só no Reino Unido mas à escala global ao nosso conhecimento local. A Savills Portugal pretende oferecer um leque de serviços integrados e a comercialização de imóveis de residencial, na vertente de agência, era o que faltava para o completar”.

Com mais de 600 escritórios e associados localizados em 70 países a nível mundial, a consultora conta com 39.000 pessoas a trabalhar em áreas que abrangem toda a gama de serviços imobiliários, na propriedade comercial, no residencial, e no meio rural. 

No mais recente estudo elaborado pela Savills Portugal, Lisboa é a cidade que tem registado a melhor performance a nível de evolução dos preços, com uma procura muito superior à oferta que dispõe na área residencial. Ainda que os incentivos à reabilitação urbana tenham vindo a aumentar a oferta, esta não foi suficiente para responder a todo o apetite do mercado e o potencial observado gerou uma subida de preços mais acentuada.

Já Hugo Thistlethwayte, Head of Operations Residential Global da Savills , acrescenta que “Lisboa é uma cidade fantástica e um mercado-chave para nós. O crescimento económico da cidade está a crescer de forma constante, com uma rápida ascensão tecnológica e de novas start up’s. A equipa de Research da Savills prevê um crescimento entre 6% e 7.9% em 2020”.

Fonte: Diário Imobiliário