19 de maio, 2020 rcruz

Câmara de Lisboa lança programa de rendas acessíveis entre os 450 e os mil euros

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) lançou esta segunda-feira, 18 de maio o programa ‘Renda Segura. Um programa que se dirige a permitir o arrendamento de imóveis por parte da Câmara a privados para depois os arrendar os sub-arrendar a rendas acessíveis a jovens e famílias das classes médias.

A apresentação foi feita pelo presidente da CML, Fernando Medina numa conferência de imprensa online. “Os proprietários de imóveis e proprietários de imóveis em regime de alojamento local são os primeiros destinatários deste programa. É um programa particularmente atrativo para todos. Vamos praticar rendas competitivas para que os proprietários possam aderir, a que se adicionaram importantes benefícios fiscais”, afirmou.

Os preços das rendas dos imóveis destinados aos jovens e famílias de classe média vão desde os 450 euros para um T0, 600 euros para T1, 800 euros para T2, 900 euros para T3 e 1.000 euros para T4. 2Estes são valores de referência, que variarão em função das zonas da cidade e do estado e características dos imóveis”, explicou Fernando Medina.

Entre algumas das medidas para todos aqueles que se candidatem a este programa estão a isenção de IRS, IRC e de IMI. “Nos contratos que celebraremos de cinco e seis anos podemos adiantar pagar à cabeça até três anos de renda”, salientou o presidente da CML.

As inscrições estão abertas no site rendasegura.lisboa.pt desde o dia de hoje e até 30 de junho para os primeiros 300 imóveis.

“Abriremos uma segunda tranche entre o dia 15 de setembro e 30 de outubro. Com isto procuraremos motivar todos, quanto mais cedo concorrerem, mais cedo podemos fazer os contratos, mais cedo os proprietários recebem as rendas e mais cedo disponibilizaremos as casas. Este é um programa crucial para todos”, referiu Fernando Medina.

Fonte: Jornal Económico