11 de janeiro, 2020 rcruz

O melhor de 2019 :: Portugal (sempre) no radar dos investidores estrangeiros e SIGI já são uma realidade

2019 fica marcado pela entrada em vigor da versão lusa dos REIT (Real Estate Investment Trusts). As alterações ao regime das Sociedades de Investimento e Gestão Imobiliária (SIGI) foram promolugadas pelo Presidente da República em agosto e em setembro foram publicadas em Diário da República (DR). Uma solução que pode trazer para Portugal ainda mais investidores imobiliários, que continuam a manter o país no radar.

Relativamente a este tema, e logo no arranque de 2019, Hugo Santos Ferreira, presidente da Associação Portuguesa de Promotores e Investidores Imobiliários (APPII), dizia tratar-se de uma “medida muito bem-vinda e acertada”.

A capital esteve no centro das atenções, é um facto, mas um pouco por todo o país foi sendo notícia o interesse de investidores estrangeiros. E são várias as nacionalidades interessadas em investir em projetos imobiliários nacionais. Deixamos-te em baixo alguns dos projetos que comprovam este cenário:

Vistos Gold (ainda) animam mercado

A concessão de vistos gold em Portugal, que muita tinta – e polémica – tem feito correr ao longo dos anos, voltou a ser um tema “quente” este ano. Os números, apesar de irregulares – em setembro verificou-se um aumento de investimento captado face ao período homólogo e em novembro um recuo –, mostram que o programa continua a movimentar muito dinheiro: nos primeiros oito meses do ano, o investimento captado totalizou 553 milhões de euros, ligeiramente abaixo dos 555 milhões de euros registados um ano antes.

Por fim, e a confirmar a tendência de que Portugal continua a ser um destino que está na moda, recordamos alguns artigos que abordam isso mesmo. A saber: Investidores olham para a Comporta como a “nova Ibiza”, Portugal está a tornar-se na nova Miami para a “nata” brasileira e imobiliário português é o “mais quente” da Europa… à boleia dos vistos gold.

Fonte: Idealista