30 de setembro, 2019 rcruz

Co-living e residências seniores na moda: falta de legislação pode afastar investimento

Partilhar em vez de possuir. Viver mais e ter menos. Ser flexível em troca de mais tempo. É assim que as novas gerações encaram o trabalho e a vida. Serão os únicos? Nem por isso. Os mais velhos estão a “surfar” a mesma onda, desafiando a tradição e a regra. E foi assim que os termos no “mundo novo” do imobiliário ganharam força um pouco por todo o mundo. Student housing, co-living, senior housing ou co-working dizem-te alguma coisa? São a nova tendência internacional que está a virar moda em Portugal. Os privados querem investir, mas ainda há muito para fazer em termos normativos e legais.

O emprego “para a vida” já não é uma realidade. Ter carro ou casa própria pode continuar a ser um desejo, mas não se assume como prioridade. A mobilidade e tecnologia transformaram o mundo e deram impulso à mudança, colocando em cima da mesa novos conceitos aos quais o setor imobiliário não pode ficar alheio.

Estas e outras ideias ganharam força na conferência “Are you brave? The Brave New World of Alternatives”, organizada pela APPII – Associação Portuguesa dos Promotores e Investidores Imobiliários esta terça-feira (18 de junho de 2019), em Lisboa – e que teve o idealista/news como media partner.

O que em Portugal se começa a assumir como tendência – ao nível do co-living, co-working ou residências séniores e universitárias– “lá fora” já é uma realidade, segundo o vice-presidente da APPII, Hugo Santos Ferreira. E foi esse o propósito da conferência, que reuniu vários líderes de empresas que estão a impulsionar o futuro destes setores para um debate sobre “aquilo que é preciso fazer”.

“As pessoas estão ocupadas e tem cada vez menos tempo para cuidar de outras pessoas” e “os mais velhos não querem ser um fardo para os filhos”, nas palavras de Jorge Fonseca. O especialista defende a força desta alternativa de investimento, uma vez que se trata de um tipo de negócio “muito sustentável” e atrativo.

Fonte: Idealista.pt